Image Map

The Mechanic (Assassino a Preço Fixo)

Oi gente...

Bom hoje a resenha vai ser sobre um filme super not bacana. Assisti a esse longe com o namorado (aka. fui obrigada) no fim de semana passado e tenho que dizer que a trama é basicamente a mesma, onde temos assassino de aluguel que vê no filho de um antigo amigo a chance de treinar e com isso passar seu legado. As cenas de ação são boas, muitos efeitos mirabolantes e o único problema é o roteiro que é fraco e acaba na mesmice de sempre.

“Quando uma agência do governo dos Estados Unidos contrata o Mecânico para eliminar um espião suspeito ou um corrupto homem de negócios, podem dormir descansados, sabendo que vai parecer um acidente ou uma morte por causas naturais e que os incidentes internacionais vão ser evitados. Mas Bishop chegou a um ponto de saturação na sua carreira e a conta bancária permite-lhe retirar-se, viver dos rendimentos e levar uma existência normal. Mas para ele, não há essa opção. Quando se junta ao velho colega e único amigo, Harry McKenna para um último trabalho, descobre que o seu alvo a abater é precisamente Harry. Mas este é apenas o primeiro problema que Bishop tem de resolver. O filho de Harry, Steve McKenna não acredita que o pai se tenha suicidado, como lhe dizem, mas quer que Bishop o ajude a encontrar o assassino”

Esse longa é uma refilmagem e se na versão original, o diretor prefere não mostrar a cena de sexo de Bronson com uma prostituta, aqui, ela aparece de forma selvagem e grosseira, sem acrescentar nada ao personagem. Outra é forçar uma trama de vingança. Enquanto o original se vale de uma ação gradual que convence, aqui as coisas começam a acontecer sem a menor lógica para dar alguma motivação para a trama. Coincidências como a cena em que um personagem que Bishop dava por morto, aparece justo no aeroporto em que o protagonista estava, ou Steve perceber a arma com que seu pai foi morto e deduzir que o assassino era o personagem de Statham, só servem para menosprezar a boa vontade de quem gastou alguns trocados para assistir ao filme no cinema. E também pra demonstrar como os roteiristas hoje são covardes em não assumir a natureza assassina e mercenária dos protagonistas. Sim, porque se no original matar era a profissão, agora se torna um meio para um fim mais "nobre".

Bom, para mim, foi uma perda de dinheiro e de tarde, mas meu namorado adorou e quando eu perguntei o que diabos ele tinha gostado no filme ele diz: “Explosão, morte e armas”, dito isso prefiro mil vezes minhas comédias românticas e meus dramas.

Bom fim de semana

=*****





7 comentários:

  1. Já não tinha vontade de ver... agora tenho menos ainda! rs
    Bjão

    ResponderExcluir
  2. Rssssss, ate tinha achado bom, mas agora tenho la minhas duvidas=D

    beijos

    ResponderExcluir
  3. Fica a dica!
    Adoreiiiiiii

    Beijooooo
    Monique

    http://unhaspintadasecia.blogspot.com
    Twitter: @mcreiii

    ResponderExcluir
  4. Eu até gosto de filmes assim, pena que você contou o final! hahahahah E safadinha, nem avisou que tinha spoiler!!! Mas eu também prefiro comédias românticas...

    Ps. homens são todos iguais mesmo
    beijinhos
    http://www.deliriosdeconsumo.com/

    ResponderExcluir
  5. Priiii,

    Eu não contei o final do filme não, ficar tranquila e pode ir assistir!
    Ainda tem mt explosão, morte e efeitos especiais até o filme terminar.


    uauhauhauhauuhauhauhauhuhauhahu

    ResponderExcluir
  6. Oi! Não vi, mas também prefiro as comédias românticas!! Hehhe!
    Bjos

    ResponderExcluir

Related Posts with Thumbnails